"SILENCIE A MENTE PARA OBSERVAR O SEU EU E O MUNDO SEM JULGAMENTO" – Por Alistar Valadez

Por Alistar Valadez

... ”Dizem que o silêncio é a chave para a autodescoberta e a transformação, mas muitos temerão o silêncio e permitirão que a tagarelice da mente tenha influência e domínio contínuos sobre nós. Olhar mais de perto os nossos pensamentos, que fluem através de nós, revela a fonte dessa influência interior, e isso é o condicionamento de nosso passado e educação, que cria um muro de julgamento diante de nós. 

Silenciar a mente tem a ver com a observação do eu e do mundo sem julgamento. Nada tem a ver com a supressão de comportamentos, pois para alcançar o equilíbrio e a compreensão na vida é necessária uma transformação total, e isso é descoberto através de um alto nível de não apego. 

Defender ou julgar um lado ou outro apenas cria uma influência que nos mantém desequilibrados, já que aqueles que estão apegados ao seu condicionamento, tradições, pensamentos, ideais e crenças apenas detiveram o fluxo natural de sua própria evolução, pois o que somos hoje não é o mesmo que éramos ontem, nem seremos os mesmos amanhã. Dizer as palavras e viver as palavras são duas coisas completamente diferentes, quando nos apegamos aos rótulos e às palavras, negligenciamos seu verdadeiro significado, pois até a ideia do yin e do yang é apenas a divisão de todo o espectro do ser. 

Assim, o silêncio é a chave, pois a mente nunca nos transcenderá, só nos mantém ligados às ilusões criadas por nossa IGNORÂNCIA, pois a mente só nos mantém perdidos em ciclos de conversas constantes sobre "o que deveria ser". Mas quando esse silêncio interior é encontrado, a transformação do eu ocorre, pois a magia pode ser vista desdobrando-se continuamente diante de nós, enquanto a conversa condicionada da mente é substituída por uma voz orientadora mais sábia, e essa é a linguagem divina do que é '!”


Direitos Autorais:

Alistar Valadez - http://www.abzu2.com/
Tradução - Feliphe Gama (www.portalreinodaluz.com)

Nenhum comentário